sábado, 19 de novembro de 2016

Não se sofre de Asperger… sofre-se das outras pessoas…


Não se sofre de Asperger… sofre-se das outras pessoas…

História de um surfista talentoso que por acaso tem… Asperger…

Já amaram alguma coisa ao ponto de se tornar aquilo que vives?
Conheçam Clay Marzo cuja a paixão pelo surf é tão pura que tudo desafia. Uma história também que mostra um a sua consciencialização da sua vida e da sua mente e como chega a entender os dons e os desafios de viver com Asperger.

A dada altura no vídeo há um médico que diz…
“You don’t suffer from Asperger… you suffer from other people…”
Não se sofre de Asperger… sofre-se das outras pessoas…

https://www.youtube.com/watch?v=ZXjNdTVNpMc

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Reflexão | Atitude

O que mais vemos atualmente é que há uma enorme falta de amor ao próximo.
E, esse próximo não é aquele que mora noutro país ou noutra cidade. É aquele que encontramos todos os dias na rua, que é nosso vizinho ou ainda (!!!) dorme connosco na mesma casa.

O amor é imprescindível para se fazer alguém feliz e ainda para se ter a felicidade e ele não exige abraços e beijos.

Muitas vezes pode-se manifestar num sorriso, num aperto de mão afetuoso e ainda quando se olha profundamente nos olhos do outro, sentindo a sua necessidade ou o
seu problema.
https://www.facebook.com/Partilhar-Ombro-Amigo-156256721076051/ 

Filme The accountant | Acerto de contas

Filme The accountant | Acerto de contas

Mais cedo ou mais tarde a diferença assusta as pessoas.
Autismo não é um super poder nem o torna uma vítima do seu diagnóstico. É somente uma característica!

Poderão os nossos filhos ter uma vida normal?
Definam normal ...

Relexão | Férias são...

Férias são:
Praia, piscina, mergulhos, passeios ao jardim zoológico, aquário Vasco da Gama, ao parque infantil, Lagoa Azul, passeios de barco, autocarro e comboio, petiscos, hambúrgueres e sushi home, jantar fora, gelados magnum personalizados, arrumação e decoração, sestas tranquilas, fotos a 5, abraços, beijos, cócegas, risos e gargalhadas, sol, calor, luz, liberdade, vontade, querer, ser... Férias são ... verão azul! 💙 sou da geração verão azul. Na vida há sempre um verão azul que nunca se esquece e será sempre uma boa sensação. Verão azul em família exclusivamente dedicado a construir boas recordações e a fortalecer laços.

Reflexão | Truth be told

Truth be told
A palavra progresso não terá qualquer sentido enquanto houver crianças infelizes! Albert Einstein
Ser mãe de um menino autista dá muito trabalho. Muito muito trabalho.
No entanto, a alegria que me dá é infinita!
Quando se sente frustado não se sabe exprimir. Custa vê-lo assim. Acaba por ser muito stressante. .
É um desafio, mas tornou-me mais forte.
É fácil perdermos-nos no lado negativo mas ao longo dos anos, aprendemos que também existe um lado positivo.
Dá-nos uma alegria imensa.
Dá-nos amor que não se encontra frequentemente.
Mas o autismo torna-o agressivo e quando se sente frustado não o consegue expressar : são Birras, gritos.
As conversas não são normais.
É difícil saber o que faz durante o dia.
Quando lhe pergunto como correu o dia, responde:
Estás muito bonita!
Ou responde:
- Essa pergunta já irrita.
Parece que existe algo entre o cérebro e a boca. Algo que impede que chegue cá agora como ele quer.
Gostava de saber porque! Não porque a mim, não porque ao meu filho? Mas sim saber porque tem autismo! De onde? Como?
Não foi fácil a aceitação do diagnóstico.
Como mãe, o mais difícil, é saber que não posso mudar. Queria que a doença fosse embora e não é possível!
Com mais 2 filhos é difícil a gestão. Eles também precisam de mim.
Mas esta é a minha vida e tenho de o fazer.
Ele é querido, inteligente na sua forma de estar. Absorve tudo o que está a sua volta. É maravilhoso!
E tornou-me numa pessoa melhor.
Só desejo que se sinta bem como pessoa, com os seus amigos, na vida e que se sinta orgulhoso de ser quem é.

Férias 2016 | Regresso

Nada melhor do que boas e merecidas férias com a sensação de dever cumprido.
Vamos repor as energias, retomar o folego, descansar e carregar as baterias.
Foi um ano difícil, cheio de obstáculos e barreiras.
Verdade que muitas derrubamos ou saltamos por cima, mas vamos aproveitar para nos divertirmos e relaxar para repor energias e alegrias, para voltarmos com toda a força para fazer a diferença.

Voa meu príncipe, voa!

João é hoje nos palcos do Tivoli. Voa meu príncipe, voa!
O palco vai ser ocupado por um herói que voa, salta, tem uma força incrível, visão raio-x, velocidade sobre humana e um coração gigante
 O meu herói que me inspira todos os dias e que me faz acreditar que vale a pena sonhar.