sábado, 16 de junho de 2007

Adulto Autista


Fui ver o filme... Não porque achava que ía aprender alguma coisa, ou achar que poderia aplicar no Joaozinho... Mas a verdade é que quando falo com as pessoas, só vejo uma preocupação - crianças autistas! Mas as crianças autistas crescem! Onde estão essas crianças? Onde está o adulto autista? ...


E aqui sim... deparei-me com uma realidade... eles continuam autistas...


Bolo de Neve -Snow Cake - Trailer

Realizador Marc Evans
Actores Alan Rickman, Sigourney Weaver, Carrie-Anne Moss, Emily Hampshire
Reino Unido, Canadá - Drama

História de amor e amizade que foi candidata ao Urso de Ouro do Festival de Cinema de Berlim do ano transacto.

Algures num Inverno no Ontário, Alex (Alan Rickman) decide, com alguma resistência, dar boleia à jovem e energética Vivienne (Emily Hampshire), não imaginando que o mundo dele irá virar-se do avesso. Durante essa fatídica viagem, sofrem um terrível acidente de automóvel e Vivienne tem morte imediata. Alex visita a mãe de Vivienne, Linda (Sigourney Weaver), e descobre que ela é autista. Apesar de compreender o que aconteceu, Linda não demonstra qualquer emoção. Porém, aos poucos, Alex começa a compreender e a sentir carinho por Linda, embora à medida que o funeral de Vivienne se aproxima os segredos obscuros do passado de Alex venham à superfície. Com a ajuda e compreensão da sedutora Maggie (Carrie-Anne Moss), e com a visão de Linda em relação ao mundo, ele consegue reconciliar-se com o seu passado e eliminar a tristeza que tinha dentro dele.

Este foi o filme de abertura do 56.º Festival de Cinema de Berlim, sendo uma apaixonante história de amor e amizade, embora não muito convencional, assente em excelentes interpretações, das quais Alan Rickman merece destaque.

9 comentários:

Grilinha disse...

De blog em blog, vim aqui parar...adorei.
Força mamã, para a vossa caminhada...Tantas e tantas vezes estes meninos tão especiais calham a mães de bem com a vida...coincidências???
Nunca saberemos...
Um beijinho. Voltarei.

Rodrigo disse...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais.

marcioblog disse...

ola. sou aluno do primeiro ano do curso superior de animaçao sociocultural e ouvi falar numa acçao de formaçao sobre autismo. entao achei proveitoso e inscrevi-me. acabo de chegar dessa acçao de formaçao e tenho k te dar razao no k dizes k se ignora completamente o autismo nos adultos. essa acçao de formaçao foi direccionada para as crianças claro e nem por um minuto se dignaram a falar do autismo em adultos, ate k na fase de debate eu introduzi essa questao. o autismo é falado à pouco tempo. hoje em dia uma criança autista é facilmente detectada e os sintomas sao tratados, vindo a diminuir, mas por exemplo na geraçao dos meus pais qualquer autista nao teria qualquer tratamento. o k sao hoje essas pessoas?! sao anormais.sao internadas como referiu uma psicologa k dirige uma instituiçao na qual tem dois autistas adultos. é claro k agora deve-se olhar para as criança para diminuir os sintomas e evitar certas atitudes na sua vida futura, mas nao se deve esquecer k ha pessoas k nao foram acompanhadas e a soluçao nao é esquece-las...

Autoria do Feminino disse...

Encontrei seu blog enquanto procurava por autismo em adultos.

Morena disse...

Oi acabo de descobri q meu noivo é autista, ja suspeitava mas n conhecia o assunto, mas agora se confirmou, preciso de informações sobre adultos autistas, como devo lidar com isso? eu o amo muito...

Anónimo disse...

Obrigado por Blog intiresny

Anónimo disse...

Não sei quem e o dono deste blog,na verdade e a primeira vez que eu escrevo em um,gostaria mto de conversar com alguem sobre autismo... Estou desesperada,não tenho ninguem para conversar,precisava de um amigo,alguem que passa ou ja passou por isso para me ajudar.tenho um sobrinho que tem sintomas de autismo,mas acho que ninguem sabe disso so eu.meu e-mail e andreia.dionizio@brasoftware.com.br fale comigo,por favor,coloque no assunto do email autismo.Obrigda fq com Deus.

nayara disse...

oi,meu nome é nayara,tenho 29anos,tive todas as caracteristicas de autista,mas não fui diagnosticada.hoje adulta,tenho depressão e pânico!!!vi uma entrevista sobre o assunto e acho q pode haver uma ligação.como posso avaliar depois de adulta se tive ou tenho autismo??? desde já agradeço.

Anónimo disse...

EU MESMO SOU UM,E TAMBÉM SEMPRE TIVE O DESEJO DE NUNCA EXISTIR.E, PARTICULARMEENTE ACHO QUE SE NÃO HOUVESSE BEBIDO UM DETERMINADO PRODUTO DE LIMPEZA NA INFANCIA,AS COISAS SERIAM NO MINIMO DIFERENTES(E EU ESTARIA LIVRE DAS PROVÁVEIS LESÕES CEREBRAIS).