sexta-feira, 16 de maio de 2008

Um famoso conferencista

Nunca devemos entrar em desespero e temos de continuar a lutar e acreditar que existem males que por vezes nos fazem despertar e olharmos com algum optimismo para que tudo o que nos envolve - há sempre uma luz ao fundo do túnel e que nunca devemos cruzar os braços. Por vezes esquecemo-nos de que dentro de cada um de nós há sempre uma força interior para a qual devemos despertar e abraçar para continuarmos a andar e vencer as adversidades da vida por muito duras e injustas que elas sejam.

Ser feliz não é simples, mas é possível!!!

Devemos pensar e vitalizar o nosso amor próprio e as forças perdidas.

Enviaram-me uma mensagem que me deixou a pensar...
Deixo aqui para vocês:


"Um famoso conferencista, na sessão de abertura dum seminário e perante uma assistência de 200 pessoas, inicia a sua comunicação mostrando uma nota de 500,00€ novinha.

- Pergunta à assistência :
“Quem quizer esta nota de 500,00€, levante o braço”

Unanimidade na sala, todos ergueram o braço...

- Então disse:
"Esta nota será de um de vocês esta noite, mas antes de a entregar ao feliz contemplado,deixem-me fazer isto..."

Então, amassou a nota nas mãos.
- E perguntou outra vez:
“Alguém ainda quer esta nota?"

Todos levantaram novamente o braço...

- E continuou:
"E se eu fizer isto ?..."

Atirou a nota ao chão e pisou-a vigorosamente.

- Depois, apanhou a nota do chão, suja e amassada e perguntou:
"E agora?... Alguém ainda vai querer esta nota de € 500,00”?

Todas os braços se voltaram a levantar.

- O conferencista voltou-se para a plateia e disse que este intróito merecia uma explicação:
"Não importa o que eu faça com esta nota, vocês continuarão a querer este dinheiro, porque a nota não perde o seu valor.

Esta situação também acontece connosco…

Muitas vezes nas nossas vidas somos amassados, pisados e ficamo-nos a sentir diminuídos e sem importância.

Mas não importa, jamais perderemos o nosso valor.
Sujos ou limpos, amassados ou inteiros, magros ou gordos, altos ou baixos, nada disso importa !...

Nada disso altera a importância que temos!... O valor das nossas vidas, não é pelo que aparentamos ser, mas, pelo que fizemos e sabemos”!

- Agora, reflictam e procurem na vossa memória:
1 – O nome das 5 pessoas mais ricas do mundo.
2 – O nome das 5 últimas vencedoras do concurso Miss Universo.
3 – O nome de 10 vencedores do prémio Nobel.
4 – O nome dos 5 últimos vencedores do Óscar para o melhor actor.

Então? Difícil, não?... Não se lembram???...
Não se preocupem. Nenhum de nós se lembrará dos melhores de ontem.

Os aplausos valem no momento!
Os troféus enchem-se de pó!
Os laureados são esquecidos!

Agora,façam o seguinte :
1 – O nome de 3 professores que contribuiram para a vossa formação.
2 – O nome de 3 amigos que já vos ajudaram em momentos difíceis.
3 - Pensem em algumas pessoas que já vos fizeram sentir “alguém especial”.
4 – O nome de 5 pessoas que compartilham do teu tempo.

E agora?
A coisa já está a melhorar, não é verdade?

As pessoas que marcam a nossa vida não são as que têm as melhores credenciais, as que têm mais dinheiro, ou as que obtiveram os melhores prémios...

São aquelas que se preocupam connosco, que cuidam de nós, aquelas que, de algum modo, estão ao nosso lado.

Reflictam um momento...
A vida é muito curta!...
Tu, em que lista estás?...

Não sabes?...

Deixa que te dê uma ajuda... Não estás entre os famosos, mas estás entre aqueles de quem eu me lembro com carinho, para mandar esta mensagem!"


3 comentários:

Grilinha disse...

Eu também recebi isso por mail e posso dizer-te que adoro ler !

Sim, é isso mesmo.

E sim, ser feliz também está nas nossas mãos. Muito.


Beijinho

ClaudiaMG disse...

Gostei imenso deste post...é isso mesmo, alcançar a felicidade não é fácil, mas é possível sim senhhor.

Beijinhos

Cláudia, Madalena e Guilherme

Marta disse...

Olá*

Posso tratar-te por tu?! Não é falta de respeito, é apenas a proximidade que as tuas palavras me fazem sentir de ti, do teu filho... Na minha vida profissional cruzo-me muitas vezes com meninos tão especiais e tão únicos como o teu menino... e é tão bom e tão gratificante quando nos dão um sorriso, quando alcançamos metas que delineamos com eles.. quando mais do que uma vez provamos aos que não acreditam que conseguimos alcançar esses mesmos objectivos...

Beijinho*

Marta