quinta-feira, 14 de fevereiro de 2008

Crise reincidente

Hoje está a ser um dia dificil... muito dificil.

Logo pela manhã o João teve uma crise. Tudo porque dormiu com um pequeno boneco homem aranha e de manhã não o encontrou.
Começou por uma pequena birra... mas controlável... até que ele começou a perder o controlo sobre ele próprio... e aí sim... começou uma crise...
Desde o sair de casa, o descer as escadas... tive que o colocar na cadeirinha com o cinto de segurança no máximo. Habitualmente de manhã costumamos ficar à espera do autocarro todos à frente...
Fiquei triste... nada do que habitualmente o anima de manhã estava a resultar... era o pequeno boneco... faltava aquela peça!
Assim foi o caminho todo para a escola... e assim ficou na escola. Toda a sua agressividade começou a ser dispersada para quem estava à sua volta... Não conseguia ouvir mais nada... apenas se fechou no mundo dele e na peça que que faltava - o boneco spiderman pequenino...
Vim embora, deixando apenas a recomendação para ter cuidado com a agressividade dele para com os outros meninos.
Já liguei para a escola, e efectivamente ainda esteve em crise durante mais alguns minutos. Quando a E. - a educadora - chegou, já a situação estava mais controlada. E até já tinha comido o seu iogurte da manhã. Já estava estável e a interagir com os outros meninos.
Se de repente fiquei aliviviada com a informação, por outro lado, estou com o coração apertado, porque eu acreditei mesmo que nunca mais viveria estes episódios de crise. Pensei que tinham passado... pensei efectivamente que pertenciam ao passado. Ele tem tido birras e não crises! Hoje foi evidente... foi uma pequena crise. A seguir a estas vêem as outras... é um ciclo...
Durante o dia, eu e a educadora vamos estar mais atentas ao seu comportamento, de forma a que se consiga evitar...
No entanto o meu coração está apertado...

Estou com o coração apertado pelo passado, pelo presente e pelo futuro...


1 comentário:

Claudia disse...

peço a Deus que me de força para aguentar as crises do meu filho .outro dia falo mas a respeito